fbpx

Conversei recentemente com algumas pessoas que estão considerando se tornar traders, mas têm dúvidas se deveriam dar um passo em direção a esse sonho pessoal. O questionamento mais comum que escutei é que eles enxergam que ser trader é arriscado e deveriam investir seu tempo e dinheiro em negócios mais “seguros”.

Comecei a pensar em como foi para mim a decisão de tentar essa profissão e achei interessante escrever um artigo sobre isso. Pode ser que você esteja com essa mesma dúvida no momento.

Bem, o que percebo é que existe muita informação negativa, sem qualidade e que mais atrapalha do que ajuda os que estão no processo de decisão. Será que vale a pena ou não tentar se tornar trader? É realmente arriscado?

Acredito que um dos grandes motivos para que essa dúvida exista na mente das pessoas que desejam se tornar traders, mas não dão os passos necessários para tentar, é porque existem muitas histórias de fracasso na Bolsa. Estes vários casos de insucesso reforçam a estatística de que 90% dos que tentaram, perderam no mercado. 

Antes de avançarmos neste artigo é fundamental entender melhor essa análise dos 90%. A verdade é que o grupo dos que perderam e continuam perdendo não é formado apenas por pessoas que se planejaram, se prepararam para se tornar traders e buscar vencer nesta profissão agindo do jeito certo.

Dentro da estatística dos perdedores você encontra também:

  • Os que são preguiçosos e entram com uma expectativa de que ficarão ricos sem ter que trabalhar intensamente;
  • Os que são iludidos e acham que será fácil ganhar muito dinheiro na Bolsa;
  • Os que são impacientes e querem resultados imediatos, do dia para noite;
  • Os que são irresponsáveis e pensam que multiplicarão suas pequenas contas arriscando tudo através da alavancagem oferecida pelas corretoras;
  • Os que são apostadores e atuam no mercado com uma mentalidade de jogador em busca da adrenalina, sem disciplina, método ou estratégia com vantagem competitiva.

Veja, todas essas pessoas acima fazem parte da estatística dos 90%! Existem outros motivos para que a maioria perca. Se você quiser se aprofundar neste assunto, escrevi um artigo que você pode ler clicando aqui.

A verdade é que pessoas com essas características perderiam em praticamente qualquer tipo de negócio que você possa imaginar, não só no trading. Algumas teriam grandes dificuldades também em alguns ambientes de trabalho.

Infelizmente não existe um percentual que mostre a taxa de fracasso dos que tentam se tornar traders do jeito certo. Mas tenho absoluta certeza que não estamos falando de 90%. Acho que você concorda comigo, não? Afinal, para todo perdedor deveria existir um vencedor na outra ponta da operação.

Vamos falar agora sobre outros negócios. Não existe um risco em se tornar empresário e abrir o próprio negócio? Claro que sim. Quantos casos de empreendedores você conhece que lamentavelmente tiveram que fechar suas empresas poucos anos após o lançamento? Um restaurante, uma loja, uma empresa de serviços etc.

Ser trader é arriscado? Sim, certamente. Mas o risco sempre existe e continuará existindo em qualquer decisão que tomamos na nossa vida. Seja a escolha da faculdade, um casamento, uma mudança de emprego ou mesmo a abertura de uma empresa.

Agora, vamos comparar os investimentos necessários para abertura de uma empresa versus para se tornar trader.

Ter um negócio próprio pode ser muito mais caro para abrir, manter e fechar do que ser um trader. E isso sem contar as dores de cabeça, burocracia e impostos. Além dos altos custos mensais de manutenção, funcionários, encargos etc.

Por outro lado, os investimentos para se tornar um trader são mais baixos do que em outros negócios. Você, basicamente, precisa investir em infraestrutura e boa educação. Os custos para manter o “negócio trading” também são muito mais baixos do que para manter uma empresa. Você precisa de uma boa plataforma, os custos de corretagem etc.

E as oportunidades? Quando analisamos os benefícios, o “negócio trading” é muito vantajoso para os que conseguem se tornar consistentes e terem sucesso no mercado. A burocracia é menor e os impostos também. O retorno financeiro é alto quando finalmente você aprende a operar de forma profissional.

Sem contar que você pode comandar o seu negócio morando em qualquer lugar e trabalhando o dia e horário que você quiser… uma enorme sensação de liberdade. Algo difícil, quase impossível, de encontrar em outros negócios.

Ser trader é arriscado? Sim, certamente, assim como praticamente qualquer decisão que tomaremos em nossa vida. Mas uma coisa é certa: o trading oferece uma relação risco retorno muito difícil de encontrar em outros negócios.

Caso você tenha essa dúvida hoje, espero que a leitura desse artigo trouxe uma nova perspectiva para sua análise. Eu também tive dúvidas, mas hoje vejo como valeu a pena não desistir e seguir em frente. Leia mais clicando aqui.

Se você decidir se tornar trader só não se esqueça de uma coisa: tente do jeito certo, opere como profissional e sem amadorismo.

Se estiver interessado em investir em educação, dê uma olhada no meu Programa de Formação de Trader Profissional. Para saber mais sobre esse curso, clique aqui. 

Os alunos que estão neste treinamento profissional estão tentando do jeito certo. Estou muito feliz com as histórias de sucesso que já estão aparecendo dentro do grupo. Tenho certeza que novos casos surgirão e torcerei para que você seja um dos próximos!

Qualquer dúvida ou comentário envie um email para contato@profissaodaytrader.com

 

Conecte-se e compartilhe através das redes socias:

[aula com 2 bônus]
[aula com 2 bônus]
[workshop gratuito com 2 bônus]
[workshop gratuito com 2 bônus]
[Aula grátis com 2 bônus]
[Aula grátis com 2 bônus]